Fundo Paginas Justiça e Paz
sd sadas d saodaspd as das dasddi f d ifºsdf sdfç sdfidfds fds fsdfidsof sd fosd fsdfi sdif sF SD FPSD IFO SDIOF SD PF SDFDSPFO SDP F
sd sdsd s ds dsdsd s
sd sdsd s ds dsdsd s
sd sdsd s ds dsdsd s

mensagem de boas vindas

Para uma Casa Feliz

Fachada Justiça e Paz É de todos os tempos o desafio de S. Pedro, na sua primeira epístola: “Estai sempre prontos a responder a quem vos pede a razão da esperança que vos habita” (1Pedro 3, 15). A vasta comunidade do Ensino Superior de Coimbra, de notável Tradição e de surpreendente capacidade de Inovação, continua a esperar da parte da Igreja um serviço próximo e competente a estudantes, docentes, investigadores e funcionários.

 

Assumo com entusiasmo esta exigente missão, contando para isso com a preciosa ajuda de todas as equipas do Instituto Universitário Justiça e Paz, nomeadamente Direção, SPES, FRA e TEAR.

 

Num mundo que mais do que de vizinhos precisa de irmãos, como alertou o Papa Bento XVI, o projecto Fundo Solidário, coordenado pelo Justiça e Paz é, em tempos difíceis, uma plataforma de acolhimento e apoio a estudantes carenciados em Coimbra, em ditosa parceria com as mais relevantes instituições da cidade. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para evitar que alguém deixe de estudar por razões exclusivamente económicas!

 

Uma palavra de especial saudação ao prestigiado Centro Académico de Democracia Cristã, que servirei como assistente. Desde o longínquo dia 18 de março de 1901 (renovado a 8 de dezembro de 2002) é para a cidade e para o país agente de diálogo e reflexão entre Fé e Cultura, com referência fundamental aos valores do Evangelho.

 

Aos antigos diretores, de modo especial pela proximidade temporal e afetiva ao Pe. Nuno Santos, e aos funcionários e colaboradores do Justiça e Paz a minha maior gratidão e a manifestação do meu desejo de estar à altura de todos aqueles que fizeram e querem continuar a fazer desta Casa, uma casa feliz, acolhedora e memorável!

 

A toda a comunidade do Ensino Superior em Coimbra, ofereço a minha saudação e o meu convite a visitarem e a fazerem do Justiça e Paz também vossa casa. Nele a cidade tem mais horizonte, o Mondego saúda-nos enquanto passa por nós e a saudade não é senão doce memória e profundo reconhecimento das maravilhas de Deus!

 

A todos aqueles que amo e que me fazem saber amado, obrigado por tanto, grato por tudo!

 

Pe. Paulo Simões

Morada

 

 

Telefone

 

Email

Couraça de Lisboa, nº30
3000-434 Coimbra

 

239 822 483

 

iu.justicaepaz@gmail.com

Twitter
junta-te à conversa